Biblioteca Zink sedia o Dia do Quadrinho Nacional com destaque para a ficção científica

Programação começa nesta terça, 30 de janeiro, com a exposição Afrofuturismo de Will Rex e Kitembo Editora, e vai até 2 de março

Crédito: imagem Freepik

O Dia do Quadrinho Nacional, comemorado nesta terça-feira, dia 30 de janeiro, será celebrado pela Biblioteca Pública Municipal Professor Ernesto Manoel Zink, em Campinas, com diversas atividades gratuitas. A programação começa nesta terça-feira, 30, com a exposição Afrofuturismo de Will Rex e Kitembo Editora, e segue até o dia 2 de março. Haverá exposições, rodas de conversa, revoada de quadrinhos e feira de HQs.

Há 11 anos consecutivos a Gibiteca da Biblioteca Zink comemora o Dia do Quadrinho Nacional por meio da promoção do contato entre o público-leitor e os artistas. “É uma oportunidade de aproximar quem escreve de quem lê os quadrinhos. Além disso, essa iniciativa amplia o repertório dos leitores, apresenta os pequenos selos e editoras, até mesmo de Campinas, e os autores autopublicados”, afirmou a coordenadora da Biblioteca Zink, Suze Elias.

Neste ano, o destaque das comemorações pelo Dia do Quadrinho Nacional é da ficção científica. Gênero eclético que dialoga com outros gêneros, a ficção científica trata da reação dos seres humanos às mudanças na ciência e na tecnologia, explora os dramas e conflitos humanos consequentes dessas inovações científicas, sociais e tecnológicas e pensa o futuro de forma utópica. Os Quadrinhos Afrofuturistas, que abrem a sequência de atividades, apresentam narrativas gráficas que usam elementos da ficção científica e da fantasia para criar histórias de protagonismo negro, por meio da celebração da identidade, ancestralidade e história africana. A Editora Kitembo é de São Paulo e é especializada neste tema. A exposição abre no dia 30 a partir das 15h.

Neste ano, a série de atividades vai homenagear Germana Viana, uma das maiores quadrinistas do Brasil. Atuando há cerca de 25 anos na área, Germana tem como uma das áreas de atuação, a ficção científica e já agenciou profissionais para trabalhar em estúdios norte-americanos. A quadrinista já teve obras publicadas pela editora Zarabatana Books, de Campinas. A exposição sobre ela começa na quarta-feira, 31, e também vai até o dia 2 de março.

No mês de fevereiro, a Biblioteca Zink também vai promover a Revoada de Quadrinhos pelos terminais de ônibus. Protegidos em saquinhos de plástico, os gibis serão deixados nos terminais para serem lidos e compartilhados. “A ação nos terminais é muito rápida. Colocamos um gibi e logo alguém já leva para ler. E junto com o livro vai um recadinho para que o leitor deixe depois para outras pessoas lerem também”, contou Suze.

A programação vai ser encerrada no dia 2 de março, sábado, com a Feira de HQs. O evento ocorrerá das 11h às 18h. Vão participar quadrinistas de Campinas e de outras cidades paulistas que participarão de rodas de conversa com os leitores. A coordenadora da biblioteca Suze conta que a feira é um momento de integração e de criatividade. “Já vi quadrinhos serem desenhados aqui durante a feira”, completou.

Serviço:

Dia do Quadrinho Nacional na Biblioteca Zink – 11ª edição

Data: de 30 de janeiro a 2 de março

30/01 a 02/03 – Exposição Afrofuturismo por Will Rex e Kitembo Editora

Abertura no dia 30/01 às 15h. Nos demais dias, a exposição pode ser visitada das 9h às 17h.

Local: Biblioteca Pública Municipal Professor Ernesto Manoel Zink, Campinas

31/01 a 02/03 – Exposição em homenagem à quadrinista Germana Viana 

Horário: 9h às 17h.

Local: Biblioteca Pública Municipal Professor Ernesto Manoel Zink, Campinas

02/02 – Início da Revoada de Quadrinhos (bookcrossing) pelos terminais de ônibus

02/03 – Feira de HQs

Horário: das 11h às 18h

Local: Biblioteca Pública Municipal Professor Ernesto Manoel Zink

Endereço: Avenida Benjamin Constant, 1.633, Centro, Campinas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima