Guerra na Faixa de Gaza pode ter uma “explosão de mortes”

A organização não governamental Save the Children alertou hoje que mais de um milhão de crianças podem morrer de fome na Faixa de Gaza. Segundo a organização, as crianças além da fome, enfrentam problemas com doenças e não á como mandar ajuda humanitária por falta de segurança, desde o começo da ofensiva militar em 07 de outubro.

Uma trabalhadora da organização, que está em Rafah, ao norte da Faixa de Gaza, contou que seus familiares estão tomando medidas desesperadoras para sobreviver. Os moradores da região estão se alimentando com restos de alimentos e até rações para animais.

A ONG comentou que todos os pedidos de ajuda humanitária foram negados pelas autoridades israelenses.
O PAM – Programa Alimentar Mundial comunicou na última terça-feira, que cancelou a ajuda na Faixa de Gaza por questões de segurança. Seus comboios com ajuda alimentar foram atacados por pessoas famintas.

Para a OMS – Organização Mundial de Saúde e a Unicef – Fundo das Nações Unidas para a Infância, o alto índice de desnutrição de crianças, gravidas e lactantes podem levar a uma situação gravissíma e causar uma “explosão de mortes”. (Antônio Fraga/ Fotos Agência Brasil)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima