Novo Mustang GT3 relembra modelos do passado

Inicia neste final de semana a temporada 2024 da IMSA GTD PRO, principal categoria de endurance do automobilismo norte americano. E um dos destaques será o novo Mustang GT3, versão para competições do icônico esportivo americano que está comemorando 60 anos em 2024. Para marcar a estreia, a Ford Performance criou uma pintura especial, a “Champion Spirit Livery”, que homenageia oito modelos emblemáticos de competição do esportivo.

Os carros da equipe Ford Multimatic Motorsport vão correr com essa pintura exclusiva na WeatherTech Raceway Laguna Seca (10 a 12 de maio) e no Grande Prêmio de Detroit (31 de maio e 1º de junho). E voltam a usar a pintura original da temporada em Watkins Glen (20 a 23 de junho).

“Selecionar apenas oito designs de uma longa lista de pinturas icônicas foi uma tarefa desafiadora”, diz Mark Rushbrook, diretor global da Ford Performance Motorsports. “Essa pintura é uma fusão de arte e história que resume as conquistas do Mustang nas corridas, desde o seu primeiro sucesso internacional no Tour de France, em 1964, até a inconfundível pintura Motorcraft de 1985, onde o Mustang dominou a classe IMSA GTO”.

Nesse trabalho, os designers combinaram os diferentes estilos das pinturas históricas. E conservaram os desgastes naturais das batalhas para valorizar as raízes do carro e inspirar futuras vitórias. Conheça a seguir os modelos homenageados na sua criação.

Mustangs do Tour de France 1964 – Apenas cinco meses após a estreia, os Mustangs preparados pela Alan Mann Racing encerraram a sequência de cinco anos de vitórias da Jaguar na categoria de turismo, conquistando o primeiro e o segundo lugar no exaustivo Tour de France – série de corridas de dez dias e mais de 5.600 km. Dos 56 participantes, os dois Mustangs ficaram entre os 19 finalistas, conquistando nove troféus em famosos circuitos europeus, como Le Mans e Monza, pilotados por Peter Proctor e Andrew Cowan.

Mustang GT350 SCCA B Production 1965 – Em 1964, como parte da sua campanha Total Performance, a Ford recorreu à Shelby American para ajudar a homologar o Mustang para as corridas da série SCCA. Surgiu assim o GT350, que dominou o campeonato SCCA B Production de 1965, pilotado por Jerry Titus, e venceu três campeonatos consecutivos.

Mustang Shelby American 1966 – A temporada inaugural da SCCA Trans-Am Series, em 1966, viu Tom Yeager e Bob Johnson garantirem a primeira vitória do Mustang Trans-Am no Mid-America 300. O Mustang venceu quatro das sete corridas daquela temporada, garantindo o campeonato.

Mustang Boss 302 1970 – Na temporada de 1970 a equipe Bud Moore, com os pilotos Parnelli Jones e George Follmer, dominou a SCCA Trans-Am Series, vencendo seis corridas e conquistando os títulos de fabricantes e de pilotos com o Mustang Boss 302.

Mustang IMSA GTX 1981 – Em 1981, o programa de corridas da Ford foi retomado com a estreia do Mustang Miller turbo Zakspeed Nº 6, pilotado por Klaus Ludwig. Apesar de ter perdido a vitória na primeira corrida por um décimo de segundo, o Mustang obteve vitórias importantes no Brainerd International Speedway e novamente em Sears Point na classe GTX, marcando o retorno da Ford às pistas.

Mustang Roush IMSA 1985 – O Mustang Roush GTO encerrou a temporada IMSA de 1984 em alta com uma vitória em Daytona de Willie T. Ribbs e Wally Dallenbach Jr., preparando o terreno para 1985. Naquele ano, o Mustang venceu nove corridas na IMSA. John Jones venceu o campeonato de pilotos, enquanto Lynn St. James garantiu três vitórias, tornando-se a primeira mulher a vencer na categoria e contribuindo para o título da Ford no campeonato de fabricantes.

Mustang Roush IMSA 1987 – Nas 24 horas de Daytona de 1987, o Mustang Roush nº 11 pilotado por Tom Gloy, Bill Elliott, Lynn St. James e Scott Pruett conquistou o primeiro lugar na classe GTO.

Mustang Cobra Trans-Am 1997 – A temporada de 1997 da SCCA Trans-Am teve um desempenho dominante do Ford Mustang. Tommy Kendall, pilotando o Mustang Cobra Roush All-Sport, cravou 11 vitórias consecutivas, enquanto Mike Borkowski venceu as duas últimas corridas da temporada. Kendall garantiu o título de pilotos pelo terceiro ano consecutivo.

Vídeo – https://www.youtube.com/watch?v=30SHGaluvI0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima