Cantor sertanejo Chrystian morre em São Paulo, aos 67 anos

O corpo do cantor Chrystian, de 67 anos, está sendo velado nesta quinta-feira (20), no cemitério de São Caetano do Sul, no estado de São Paulo. Depois, será cremado. O artista morreu na noite dessa quarta-feira (19), no Hospital Samaritano, em São Paulo, onde estava internado desde o início da manhã. Ele fazia tratamento para enfrentar problemas renais e cardíacos. O artista deixa a esposa Key Vieira e dois filhos.

Chrystian era conhecido principalmente pela dupla sertaneja com o irmão Ralf. Juntos, eles lançaram 20 álbuns e alcançaram a marca de 15 milhões de cópias comercializadas, com várias canções incluídas em trilhas de telenovelas.

Músicas em CD

Os irmãos, que gravaram o primeiro álbum em 1983, fizeram parte do quinteto de ouro da música sertaneja, já que sempre estiveram entre as cinco maiores duplas do Brasil. Foi também a primeira dupla sertaneja a gravar em formato de CD no Brasil.

No auge do sucesso, entre 1988 e 1990, os irmãos venderam um milhão de cópias de LPs, proeza que naquele período somente era atingida pelo cantor Roberto Carlos.

Chrystian era o nome artístico de José Pereira da Silva Neto, que nasceu em Goiânia. Ele começou cantando sozinho, e em inglês, emplacando o primeiro sucesso com a música Don’t say goodbye (Não Diga Adeus), em 1973.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima