motos

BMW Motorrad apresenta taxa zero e cashback no mês de maio

A BMW Motorrad Brasil anuncia condições especiais para compra de seus modelos em maio por meio da BMW Serviços Financeiros. Com redução de R$ 4.600, a BMW F 850 GS está com preço promocional de R$ 69.900 neste mês. O modelo tem ainda IPVA e documentação grátis, taxa 0% no financiamento com 60% de entrada e saldo em 24 meses ou cashback no valor de R$ 5.000.

A superesportiva BMW S 1000 RR, assim como a a BMW R 1250 GS Adventure estão com taxa de juros de 0% ao mês em financiamentos ambas com entrada de 60% e 24x para o saldo restante. Já a BMW F 900 R tem taxa zero de juros no plano Select com parcelas a partir de R$ 369 com entrada e mais uma parcela final.

BMW Motorrad apresenta taxa zero e cashback no mês de maio Read More »

Operação “Placa Escura” aborda 65 motociclistas e faz 42 autuações em Campinas

Ação visou irregularidades como obstrução da placa, pilotagem com apenas uma das mãos, utilização de viseira aberta, transitar com pneu ‘careca’ e documentação irregular

Crédito: Divulgação / Prefeitura Municipal de Campinas

Uma operação conjunta entre a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) e a Guarda Municipal, denominada “Placa Escura”, realizada na tarde da última sexta-feira, 28 de julho, na avenida John Boyd Dunlop, promoveu 65 abordagens de motociclistas e 42 autuações. As autuações envolveram obstrução da placa, pilotagem com apenas uma das mãos, utilização de viseira aberta, transitar com pneu ‘careca’ (equipamento ineficiente / inoperante), documentação irregular e pilotar motocicleta com baixa definitiva (proibida de operar). Foram três remoções de motocicletas ao Pátio Municipal de Recolhimento e Guarda de Veículos.  Nas abordagens pessoais, a GM contabilizou 70 pessoas, sendo 65 homens e cinco mulheres, entre pilotos e garupas.

“O intuito é coibir o comportamento de risco dos motociclistas e, assim, prevenir acidentes. Em conjunto com as ações educativas e de engenharia de tráfego, as operações de fiscalização contribuem para salvar vidas no trânsito”, destacou o presidente da Emdec, Vinicius Riverete.

A ação é o primeiro resultado da reunião convocada na quinta-feira pelo prefeito Dário Saadi, para discutir formas de inibir ‘rolezinhos’, como o que vitimou três pessoas na madrugada do último sábado, 22 de julho. A reunião teve a participação de representantes da Emdec, da Polícia Militar e da Guarda Municipal.

“Estas operações já fazem parte da rotina da Guarda Municipal e o trabalho conjunto é muito importante para a fiscalização. Geralmente, as motos que participam de ‘rolezinhos’ apresentam placa adulterada ou são de leilão. A ação desta sexta-feira também tem o objetivo de identificar estes veículos irregulares”, afirmou a comandante da Guarda Municipal de Campinas, Maria de Lourdes Soares.

Como funciona  

A primeira operação ‘Placa Escura’, nos moldes atuais, foi realizada em junho. “Esta é uma das operações de fiscalização realizadas pela Emdec. Estamos intensificando essas abordagens e faremos em outros pontos da cidade, em conjunto com a Guarda Municipal e a Polícia Militar. Na ‘Placa Escura’, vamos focar em pontos com radares, que registram o maior número desse comportamento de risco”, explicou o Gerente de Fiscalização e Operação, Claudionir Thomás de Sá.

Na operação “Placa Escura”, a Emdec identifica, por meio de equipamento de fiscalização eletrônica localizado na av. JBD, altura da rua Francisca Alves do Pinho, motociclistas que encobrem a placa ao passar pelo ponto, geralmente em velocidade superior à regulamentada. Técnicos da Emdec identificam a imagem em tempo real, por meio de tablets, e os motociclistas são abordados no trecho seguinte. A Guarda Municipal realiza a triagem e outros itens de segurança são observados, tais como condições dos pneus e utilização correta do capacete.

As equipes identificaram um motociclista que adotou a conduta irregular. Conduzir motocicleta com uma das mãos e obstrução da placa, são infrações de natureza grave e gravíssima, com multas de R$ 195,23 e R$ 293,47, respectivamente; e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

‘Rolezinhos’  

A Emdec recomenda que a organização de encontros de motocicletas ou passeios ciclísticos deve ser relatada à empresa, com informações como trajeto, local e horário previsto. Além disso, os participantes devem utilizar os equipamentos de segurança obrigatórios e respeitar a sinalização.

Operação “Placa Escura” aborda 65 motociclistas e faz 42 autuações em Campinas Read More »

Brasil ganha 12 milhões de novos motociclistas em 10 anos

O número de brasileiros que utilizam a motocicleta como meio de transporte, lazer ou instrumento de trabalho cresce cada vez mais. Hoje 36,9 milhões de pessoas possuem CNH (Carteira Nacional Habilitação) na categoria A, o que representa um aumento de 47,9% em dez anos. Em 2013, havia 24,9 milhões de motociclistas no Brasil.

De acordo com levantamento da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo, dos 10 estados que registraram a maior alta no número de habilitações, nove estão entre as regiões Norte e Nordeste. Confira o ranking:

RANKING DE HABILITADOS NA CATEGORIA A
Ranking Estado 2013 2022 Variação (%)
1 Alagoas 154.713 329.472 113,0
2 Amazonas 170.880 325.685 90,6
3 Bahia 910.269 1.691.731 85,8
4 Ceará 773.693 1.415.609 83,0
5 Maranhão 305.907 556.705 82,0
6 Piauí 248.046 430.937 73,7
7 Sergipe 189.250 324.846 71,6
8 Rio de Janeiro 892.977 1.486.676 66,5
9 Pará 656.747 1.073.027 63,4
10 Tocantins 261.839 410.982 57,0

Fonte: Abraciclo

Para dar visibilidade ao Dia do Motociclista, comemorado nesta quinta-feira (27 de julho), a Abraciclo reforça sua missão em promover a conscientização de todos para a redução de sinistros e, com isso, promover a paz no trânsito.

Nesse sentido, os representantes da associação reforçam a importância da boa formação dos condutores, sejam motociclistas ou motoristas, junto aos órgãos de trânsito em todas as esferas (federal, estadual e municipal). A segurança viária é um dos pilares que direcionam as ações da Abraciclo.

Aliado a isso, as fabricantes sempre investem no aperfeiçoamento de seus produtos, com o desenvolvimento de tecnologias voltadas para segurança; e na capacitação do motociclista, por meio da realização de cursos, palestras e atividades ligadas ao tema segurança.

Novos motociclistas

O analista comercial Robson Santos e a administradora de empresas Patrícia Gomes Borges integram o grupo de novos motociclistas. Ele está habilitado a conduzir motocicletas desde janeiro deste ano e ela, desde março.

Morador de Fortaleza (CE), Robson utiliza o veículo para ir ao trabalho. “Agora levo 10 minutos para chegar ao escritório. De ônibus, dependendo do trânsito, gastava cerca de 35 minutos”, conta. “Também uso para visitar os parentes em Itapiúna, cidade onde nasci e que fica a 120 quilômetros da capital. Chego mais rápido e aproveito melhor o tempo para matar a saudade”, completa.

Assim como Robson, Patrícia Gomes Borges, acreana de Rio Branco que adotou Manaus (AM) como lugar para viver, só usa a motocicleta em seus deslocamentos. “Pretendo viajar e conhecer outros locais, como Itacoatiara, por exemplo. Pegar uma estrada será um misto de liberdade e empoderamento”, afirma.

Patrícia representa uma parcela da população que não para de crescer: a cada quatro brasileiros habilitados para conduzir motocicletas, um é do gênero feminino. Hoje, as mulheres representam 24% das pessoas aptas a dirigir veículos motorizados de duas ou três rodas.

Segundo dados da Abraciclo, o número de mulheres motociclistas aumentou 78% nos últimos dez anos. Em 2013, 5 milhões de pessoas do gênero feminino tinham CNH na categoria A. Em 2022, atingiram a marca de 8,9 milhões. Entre os homens, nesse mesmo período, o aumento foi de 40,7%, passando de 19,9 milhões para 28 milhões de habilitados.

Perfil

Com frota estimada em mais de 32,3 milhões, a proporção hoje é de uma pessoa habilitada a pilotar motocicletas a cada seis habitantes. Em 2013, a relação era de um motociclista a cada nove habitantes.

A paulistana Juliana Iemanjara, que trabalha como entregadora de aplicativo, faz parte desse grupo. Atuando nesse segmento há cerca de cinco anos, ela afirma que é possível organizar melhor o dia a dia, como cuidar dos filhos Isis e Zaki (com idades de 8 e 4 anos, respectivamente) e trabalhar em eventos. “Antes, trabalhava num escritório. Hoje tenho mais liberdade”, comemora.

O soteropolitano Joe Azevedo de Santana também faz parte desse grupo. “Tirei minha habilitação há um ano e comprei uma estradeira”, comemora. “Minha primeira viagem foi até a cidade de Armagoza, no interior da Bahia. Foram quatro horas em uma estrada bastante sinuosa, me permitindo uma experiência incrível”, relembra.

A categoria preferida pelas mulheres é a Motoneta (58%). Já os homens preferem a Scooter (69%).

MOTOCICLETAS BICICLETAS
Frota nacional: 32,3 milhões*
de unidades
Frota nacional: mais de 70 milhões
de unidades
Produção anual: 1,4 milhão de unidades Produção anual: 2,5 milhões

unidades **

7º maior produtor mundial 4º maior produtor mundial

 

Brasil ganha 12 milhões de novos motociclistas em 10 anos Read More »

BMW lança mais uma super motocicleta com estilo retrô

Quinto modelo da família R18, a Roctane traz um estilo retrô custom “bagger style”. A BMW afirmou que a motocicleta foi influenciada pela R5.

Com design limpo e muito aerodinâmico, Roctane conta com faróis de LED, rodas fechadas e vários itens copiados da R5.

A motorização é de dois cilindros boxer, 1,8 litro, que produz 91 cavalos e torque de 158 Nm. A transmissão é automática de seis velocidades. A Roctane acelera do 0 aos 100 quilômetros por hora em 5,46 segundos e atinge a máxima de 180 quilômetros por hora.

BMW lança mais uma super motocicleta com estilo retrô Read More »

Rolar para cima